2014-05-01

Segunda saída do Jolie Brise


Ontem o Jolie Brise voltou a navegar mas desta vez só por um dia em águas do Algarve. O objectivo era testar um instrumento de navegação - o piloto de vento - que mantém a rota apoiando-se no vento constante. Incrível o aparelho. Puramente mecânico e de um simplicidade e eficácia surpreendentes.


Tempo de sol excelente para turismo mas para navegar nem por isso. Ao largo de Portimão o vento chegou a desaparecer completamente levando os instrumentos a brindar-nos com "00" em quase todos os mostradores. Calor. Dá para antever o que será navegar nos trópicos e sem vento. Vai ser um inferno. Vamos a ele !!

Felizmente ao largo de Lagos dava para ver uma faixa de mar mais escura que indiciava ventos. Dirigimo-nos para lá e assim era. Ventos de 20 nós. Até tivemos que arrear um pouco a vela grande. Excelente.


Felizmente ao largo de Lagos dava para ver uma faixa de mar mais escura que indiciava ventos. Dirigimo-nos para lá e assim era. Ventos de 20 nós. Até tivemos que arrear um pouco a vela grande. Excelente.



O piloto de vento portou-se lindamente com vento pela proa. Quando o testámos com vento pela popa a coisa não correu bem. Insistimos com diferentes aferições ( obrigado ao Vögel que nos orientou nesta técnica) mas não concluímos pela positiva.


Nenhum marujo (eu) se sentiu desconfortável e pode dizer-se que foi um excelente dia de navegação muito graças à companhia do casal alemão que nos brindou com a sua presença e boa disposição.